Razões para perder a cabeça

Slip on

Vou contar aqui um segredo: antes de ver como a palavra se escrevia, eu achava que slip on eram ténis tão confortáveis que era possível dormir (sleep) com eles. Ainda hoje acho graça pensar nisso, até porque o sentido não anda longe da verdade (ténis sem atacadores e tão maleáveis que o pé desliza lá para dentro sem esforço). Digo isto depois de uma adolescência onde os Vans de pano aos quadradinhos andaram quilómetros nos meus pés, na versão clássica a preto e branco mas também cor-de-rosa e castanha, com cerejas, pinguins (gostava tanto desses) ou flores. De há uns tempos para cá, e com uns quantos pares ainda no closet, perguntava-me como ia ser capaz de assumir os trintas e trocar os ténis com que era capaz de dormir por uns rígidos saltos altos. A resposta chegou no ano passado, e agora em força: não trocando. Ou melhor, deixando os pinguins de lado e optando por padrões mais clássicos ou materiais mais nobres. Graças à alta moda, que resolveu pôr os slip on a deslizar pelas passarelles e a rematar as principais colecções, tudo isto é possível. E se não sou capaz de dar 500€ por uns ténis como estes lindos Givenchy,

givenchy-rose

espero ansiosamente pela versão semelhante das grandes cadeias enquanto vou piscando o olho a estas versões mais adultas que a Vans lançou para o Outono:

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s