Arte urbana

Poow!! Boom

Se pensarmos que a melhor definição de arte urbana é algo que interage com a rua e que é pensado para um espaço em particular como os anéis são pensados para os dedos, então um dos melhores exemplos que temos em Lisboa é mesmo este de Pantónio, entre as Amoreiras e Campo de Ourique. Tão bom que já foi feito em 2011, outros murais vizinhos já chegaram e saíram, e a parede nunca sequer foi arranjada. E tão bom que transformou um acidente – literalmente, porque foi uma carrinha que se despistou e subiu pelo passeio como se estivesse para entrar numa garagem – no nosso próprio momento Roy Lichtenstein à beira da estrada. O mais bonito é que muitas vezes vejo um senhor aproveitar os destroços para se sentar a descansar à sombra, e nem me importo de parar nos semáforos vermelhos lá ao lado todo o santo domingo.

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s